Sobre Mim

PDFVersão para impressãoEnviar por E-mail

Olá, eu sou o Ricardo Meireles e sou um dos poucos bateristas e percussionistas que existem no nosso País.

Vou tentar transmitir-vos e demonstrar-vos o que é uma bateria e o que podemos fazer com ela. Dá uma vista de olhos…

Tudo começou sob a influência do meu irmão…

A Banda Desert, composta por amigos dele, foram responsáveis pela minha iniciação na bateria. Foi tão fácil ganhar-lhe gosto. E mais fácil ainda foi vê-lo crescer….

No fim de cada ensaio, pedia ao Alexandre, baterista da Banda, que me deixasse dar um toque de graça sobre aqueles pratos e bombos que vibravam ao ritmo da baqueta. Sentia cada nota, cada som… E que bem me parecia! Melhor soaria depois de me ter dado umas aulas.

Tocava sempre que surgia a oportunidade, até que ganhei a minha própria bateria, “herança” do meu Tio, também baterista de coração, que se tinha “reformado” destas andanças.

Passava o meu tempo livre a praticar, não fosse a vontade grande de tocar cada vez mais, cada vez melhor.

Era altura de aprender a sério a arte de tocar bateria. Começo, então, a ter aulas com o baterista Michel, a quem devo muito da minha evolução em termos Técnicos e Rítmicos.

Após este processo de aprendizagem, senti necessidade de passar para um nível seguinte: tocar com pequenas bandas de garagem.

No entanto, sem me dar por satisfeito, tomei a decisão de estudar numa Academia de Música. Após dois anos, tentei seguir a profissional, mas não consegui concretizar o meu objectivo.

Não me dei por vencido, e logo encontrei um curso ligado ao Ramo Técnico de Som e Luz, associado ao Teatro. Aprendi muito a nível teórico e técnico e passei a avaliar e a valorizar os artistas com muita atenção.

Jam Session, na ESMAE, era programa certo às terças-feiras. Vi muitos músicos e outros artistas e frequentei bastantes workshops. É sempre bom acompanhar estes programas e estar actualizado.

Hoje, a paixão que tenho pela bateria espelha-se em cada toque da baqueta. Tanto já aprendi, mais tenho a aprender, mas muito tenho a ensinar.